o verão dos 17

Este é um dos livros mais comentados dos últimos meses. Todos os vlogs e textos que li sobre o novo livro de E. Lockhart tratam da história como uma obra-prima, original e surpreendente. Todos ficaram extasiados com a narrativa e avisaram que havia um grande segredo nas páginas, capaz de fazer todos ficaram em choque. Mas como me enchi de expectativas…


 

Mentirosos gira em torno da família Sinclair. Uma família rica e bem vista por toda a sociedade pois ninguém falha e todos são contribuem para um padrão de beleza imaculado: loiros, olhos claros, mulheres magras, homens musculosos. Donos de uma ilha particular, é lá que passam os verões, juntos.

Porém, no verão do ano em que Cadence Sinclair completou 15 anos, algo misterioso aconteceu. Um acidente que a deixou com uma amnésia seletiva, esquecendo o que aconteceu no dia. O mais estranho talvez seja que todos que sabem o que realmente aconteceu não falam sobre o assunto e preferem poupar a garota do seu passado.

Agora, Cadence tem 17 anos e irá visitar a ilha pela primeira vez após o acidente. Na viagem, pretende, a todo custo, descobrir o que aconteceu dois anos atrás. Para isso, contará com a ajuda de seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat (que tem ascendência indiana e sempre questiona os privilégios dos Sinclair), que ignoraram todos os e-mails que Caddie escreveu, mas resolveram colaborar “do nada”.


 

“Não importa se o divórcio retalha os músculos do nosso coração
a ponto de mal conseguir bater sem esforço.
Não importo se o dinheiro do fundo de investimento está acabando,
se as faturas do cartão de crédito não são pagas
e se acumulam sobre a bancada da cozinha.
Não importa se tem um monte de frascos de comprimidos
sobre a mesa da cabeceira.”


 

maps05

Os comentários diziam que a escrita é incomum no inicio do livro, mas depois você se acostuma. Porém, não achei nada demais e nem tao diferente assim da escrita de outros autores. É uma escrita bem gostosinha, leve e que vai chegando e entregando algumas pontas do mistério central aos poucos, com calma. E as metáforas, gente, são geniais. A confusão mental as enxaquecas da protagonista e o desenvolvimentos são cercados por expressões fortes e muito bem escolhidas pela escritora.

O tal mistério de Mentirosos é guardado a sete chaves por quem já leu, pois recados da escritora e da editora falam que revelá-lo deliberadamente estragaria o clima da historia. Contudo, o que estragou o clima foram is capítulos finais, a partir do 82. Gente, vergonha alheia. O segredo da protagonista me surpreendeu e achei bacana a proposta da autora, mas o desenrolar disso consegue ser somente tosco.

Quando emprestei o livro para uma amiga alertei-a sobre o fim, na minha opinião, ridículo e com pouca margem para o leitor pensar ou refletir. Fiquei tão desapontado com os capítulos finais do livro que revelei o segredo para outras pessoas também, sim, porque precisava desabafar minha frustração (e concordaram comigo, amém).


 

“Não importa se um de nós está desesperadamente,
desesperadamente apaixonado.
Tão
apaixonado
que medidas desesperadas
precisam ser tomadas.
Somos Sinclair.
Ninguém é carente.”


 

É claro que a gente compra um livro com capa bonita e título legal imaginando que todo o conteúdo está ali dentro é igualmente maravilhoso ao design criado. Nem sempre dá para conseguir o lançamento do seu escritor preferido e não esperar que ele crie algo tão incrível quanto aos anteriores. Também não esqueço dos elogios que o livro já recebeu na hora da leitura. Ou em um filme. Ou num disco. Ou da vida. Ou das pessoas, por que não?

Fato é que esses tombos sempre deixam claro que criar expectativas não é o melhor modo de sonhar com uma coisa, né. Tudo pode dar errado. Você pode “ler na hora errada”. Pode assistir “num dia ruim”. Seus favoritos podem se transformar durante a vida, do mesmo jeito que você transforma seus gostos, seu estilo e seu senso crítico ao longo do tempo e talvez nem goste mais das mesmas coisas.

Não criem expectativas, crionças. Juro que vou tentar também. Vamos abrir o coração, ser mais livres e aceitar de peito aberto o que a vida traz? É difícil, mas é o único jeito de não criarmos decepções e acharmos tudo em volta mais bonito.


 

mentirosos_1410223052bmentirosos – e. lockhart – editora seguinte – 272 páginas

em 140 caracteres… uma série de pirações da cabeça de uma adolescente tentando entender o que tá acontecendo.
um livro para… ou adorar a revelação ou ficar frustrado com o desfecho.
combina com… neblina?
para quem já leu… o livro “A Turma”, de Alissa Grosso, também gira totalmente em torno de um segredo – e com uma narrativa tão superficial quanto esse.

 

Andre quer esperar menos de tudo.

 

 

Foto do topo via divulgação. Foto do livro por The Book Castle.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s