morada

Enquanto algumas crianças não se preocupavam com nada, além de açúcar e aromatizantes, a nossa protagonista, judia, vivia em meio à Revolução Russa de 1917 e ao terror da Guerra Civil que se instaurou na Rússia.

Os judeus eram vistos como líderes ou aliados do Partido Bolchevique, que incentivava um mudança radical na política, e acabaram sofrendo vários pogrons durante este período da história. Vítimas de ataques cruéis e extremamente violentos, eles perdiam a própria vida, a família, suas casas, seus negócios, seus centro religiosos… Somente alguns poucos judeus não foram atacados: ou por serem ricos ou por terem fugido do país.

Este é o pano de fundo dos acontecimentos do livro Morada das Lembranças, de Daniella Bauer – uma história que começa quando a protagonista, ainda menina, perde o pai e precisa fugir dos massacres com a mãe e um irmão pequeno.


“O que meu pai havia feito de errado?
Ser judeu,
homem de ideias próprias,
um defensor do povo?”


O local escolhido para a nova casa da família é o Brasil. Antes, a protagonista narra o que aconteceu na travessia do oceano, à navio (superlotação, medo, doenças…), e se encanta com todas as cores do Rio de Janeiro (as casas, as músicas, as roupas das mulheres…). Aqui, eles precisam mudar de nome e se adaptar com o novo idioma, novos costumes e a uma avó manipuladora.

É impressionante saber da dificuldades que os estrangeiros passam ao mudar de país, ainda mais como a protagonista e sua família. A mudança de nome (o antigo era difícil de ser pronunciado pelos brasileiros) sugere a perda da identidade dos imigrantes por aqui. É necessário paciência para se acostumar.

Além disso, a tolerância é uma coisa que parece faltar ao ser humano. Todo o caos que move a trama da autora é real, muito real. Apesar de ter um pouco de poesia e reflexões adicionadas, os pogrons realmente aconteceram, realmente mataram milhares de pessoas que não tinham feito nada de errado. O que há de errado em ser judeu? O que há de errado em ter fé?

Do mesmo modo (ou com a mesma intolerância), a menina sofreu com os colegas de escola. Cor dos cabelos, cor da pele, os traços diferentes, o idioma difícil, os costumes (que ela tentava manter no Brasil), as idas à sinagogas… Tudo era motivo para ser desconsiderada ou sofrer desprezo pelos outros.


 

“Acumulamos palavras,
cismas, pensamentos, dores e aprendizados que nos deformam e,
ao mesmo tempo, também formam nosso caráter
e aquilo que podemos que podemos oferecer
a nós mesmos e aos que estão conosco.”


A menina vai, aos poucos, acumulando lembranças e tecendo histórias. Cheia de perguntas sobre a vida e os momentos que ela viveu, ela enche as páginas do livro, narrado em primeira pessoa, deixando para o leitor a busca de algumas respostas. Em seu livro de estreia, Daniella Bauer consegue provocar e atiçar o pensamento do leitor de modo ímpar. Impossível fechar o livro e não ficar refletindo sobre alguma cena ou sobre algum questionamento escrito.

Publicado pela parceira Editora Biruta, Morada das Lembranças traz um pouquinho de História e um monte de indagações sobre nós e sobre o mundo. Com uma diagramação e um pacote gráfico incríveis (confira um pouquinho aqui), um livro cheio de sensibilidade. Emocionante.


 

Morada-das-lembrançasmorada das lembranças – daniela bauer – editora biruta – 200 páginas

em 140 caracteres… uma visão íntima da guerra e da perda de identidade de um estrangeiro.
um livro para… se sensibilizar, perceber e entender a questão de imigrantes no brasil.
combina com… colcha de retalhos e o balançar de navios.

a biruta é parceira do blog e enviou um exemplar deste livro como cortesia. conheça todo o catálogo da editora aqui e acompanhe-a no facebook, no instagram e no blog biruta gaivota.

 

Andre faz de si uma morada de boas histórias.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s