biblioteca essencial | rô mierling

ro-2rô mierling

é gaúcha, mas hoje mora na Argentina. Escritora, revisora, assessora editorial e pesquisadora acadêmica, já organizou algumas antologias e publicou diversos contos premiados. Em todos eles, apesar de ficcionais, Rô deposita o máximo de realidade que consegue, uma forma de alertar enquanto entretém. Suas obras, cruas e viscerais, mostram seres humanos atingindo níveis degradantes ou cometendo atos bastante violentos. Claro, seu terror e suspense psicológico só poderia ter uma casa: Rô Mierling é a mais nova autora nacional da DarkSide Books. O resultado dessa união a gente confere em breve, com o livro Diário de Uma Escrava.
Enquanto isso, conversei com ela sobre suas referências, inspirações e alguns de seus livros recomendados.


As mulheres mais perversas da história

Shelley Klein
biblioteca-01Em As mulheres mais perversas da história, a autora Shelley Klein explora a vida e os crimes horríveis de quinze mulheres, se baseando em artigos e documentos para criar sua narrativa de maneira imparcial, sem julgamentos de valor.
Muito diferentes entre si, as personagens reais deste livro são desde donas de casa entediadas a grandes imperatrizes romanas.
Nas palavras da Rô, este é “um livro que detalha e mostra que violência e caráter não tem nada a ver com o sexo da pessoa, que a maldade pode estar ao lado de todos, sem que percebamos”, o que inspira suas obras.

Serial Killers Made in Brazil

Ilana Casoy
biblioteca-02“Histórias reais, assassinos reais”: este é o subtítulo da edição definitiva de Serial Killers Made In Brazil, publicada pela DarkSide Books.
Escrito depois de cinco anos de entrevistas e visitas a arquivos públicos, manicômios e penitenciárias pela criminologista Ilana Casoy, o livro é composto por histórias reais de sete assassinos em série brasileiros, mostrando como e por quê atuam.
Este foi o primeiro livro de não-ficção a investigar e abordar o tema especificamente no Brasil e, para Rô, que o considera uma inspiração, ele “mostra que serial killer não é coisa de Estados Unidos e sim do ser humano”.

Escuridão Total Sem Estrelas

Stephen King
biblioteca-03Considerado por muitos o livro mais tenso e pesado de Stephen King, Escuridão Total sem Estrelas reúne quatro contos que abordam o ser humano em casos de violência e brutalidade extrema.
Na primeira história, o assassinato de uma mulher pelo seu esposo e seu filho é apenas o primeiro de terríveis eventos. Em outra, uma escritora sofre um acidente com o carro numa estrada deserta e a única pessoa que poderia socorrê-la acaba a violentando, sendo o ponto de partida para uma narrativa de vingança. No terceiro conto, um homem precisa escolher entre prejudicar uma pessoa próxima ou sofrer com uma doença e, no último, uma mulher descobre segredos do passado do seu marido e vê sua relação se transformar.
Rô diz se inspirar com este livro porque ele “mostra que TODOS somos neutros, e que a vida pode nos fazer bons ou maus”. Tudo depende de circunstâncias.


Filha de Satanás, Filha de Deus

Susan Atkins
biblioteca-04Susan Atkins teve uma infância difícil e uma adolescência complicada. Porém, tudo conseguiu ganhar tons ainda mais problemáticos quando se envolveu com Charles Manson, líder do que viria a ser o grupo que cometeria o assassinato de Sharon Tate, do casal Leno e Rosemary Labianca e diversos outros crimes.
Em Filha de Satanás, Filha de Deus, escrito durante sua condenação a prisão perpétua, Susan narra fatos sobre os crimes da familia Manson e conta sobre o episódio em que recebeu a visita de Jesus. Este é um livro que transformou Rô como pessoa, pois “mostra que escolhemos o mal, mas também sempre pode ser a hora de voltar atrás e se redimir”. Basta querer.

Os Mistérios do Aquém

Carlos Eduardo Novaes
biblioteca-05Os Mistérios do Aquém talvez seja o livro mais destoante desta biblioteca de livros essenciais da Rô Mierling. Este é um livro um pouco desconhecido, mas que Rô gostaria de ter mais gente conhecendo, para conversarem sobre.
“É um livro de crônicas políticas e sociais, foi escrito no ano em que eu nasci, mostrando como estava o Brasil naquele ano, e meu querido de cabeceira.”
Apesar de datar de 1975, alguns temas abordados por Carlos Eduardo Novaes, como o maquiamento de cidades para grandes eventos e a incompetência e a arrogância de líderes políticos, continuam bem atuais.

Diário de uma escrava

Rô Mierling
ro-mierling-darkside-diario-escrava-capa3dO último livro da lista de Rô Mierling é indicado por ela para leitores não muito frágeis perceberem a realidade com outros olhos e entenderem o mundo de uma maneira diferente.
Diário de Uma Escrava foi escrito pela própria Rô, então ninguém melhor do que ela para explicar a proposta: “Quando colocamos nossa cabeça no travesseiro temos que pensar que muitas meninas não estão em casa, e sim em buracos, servindo de escravas sexuais. E no que isso muda, pergunta-se? Muda a nossa forma de ver a vida, de cuidar de nossas meninas, de não confiar em todo mundo, de ver que o mundo é um caos e não um mar de rosas.”
Muito real e humano, o livro apresenta em primeira pessoa o sofrimento de uma jovem sequestrada por um psicopata e será publicado em dezembro pela DarkSide Books. Adicione no skoob e saiba mais aqui. Aguardamos ansiosos!

Gostaria de ajudar a compôr nossa Biblioteca Essencial ou tem alguma sugestão de pessoa que possa aparecer por aqui indicando seus livros favoritos? Manda um tweet!

Andre leria toda a biblioteca de Rô.

Anúncios